Empréstimo Consignado Caixa

Empréstimo Consignado Caixa

Alguns meses os dinheiro fica curto e falta um pouco para quitar as contas do orçamento familiar ou comprar um produto necessário. Por isso, um empréstimo pode ajudar nessas situações, principalmente se ele tiver juros baixos e não precisar de avalista, como o empréstimo consignado da Caixa Econômica Federal.  Os aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) ou pessoas que recebem o salário na Caixa podem solicitar esse tipo de empréstimo.

Imagem:Divulgação

Imagem:Divulgação

Vantagens do crédito consignado

Além da taxa de juros mais barata, outra vantagem é o desconto direto na conta do beneficiário, podendo descontar na pensão, na aposentadoria ou no salário. Essa praticidade facilita no acompanhamento dos descontos, organização das contas e a pessoa ainda não perde tempo enfrentando filas para realizar a quitação das parcelas.

Outro benefício é que no momento da contratação o cliente sabe o valor da taxa mensal e anual de juros, os tributos que virão no empréstimo, o valor, a quantidade e o período das prestações; além da soma total e final que ele irá pagar pelo crédito.

Contratação de empréstimo consignado da Caixa

Para realizar a contratação, não é preciso de avalista e nem é feita consulta no SPC ou Serasa. O valor do empréstimo consignado é calculado em cima do benefício ou do salário do cliente, sendo que a parcela não pode ultrapassar 30% do que a pessoa recebe na conta da Caixa por mês.

Se o cliente recebe o salário pela conta, primeiro ele precisa saber se o valor está pré-aprovado e se a empresa onde ele trabalha possui esse convênio com a Caixa. Depois, basta ele procurar uma agência e realizar o empréstimo, com a assinatura do contrato. No caso dos pensionistas ou beneficiários do INSS, o valor deve estar aprovado pela Previdência Social para a realização do contrato. Após a contratação, o valor é creditado diretamente na conta.

Foto:Divulgação

Foto:Divulgação

Taxas do empréstimo consignado da Caixa

No empréstimo consignado a taxa de juros é pré-fixada com relação à data da contratação e o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) é cobrado na hora da contratação, segundo a legislação.  Após 30 dias da contratação do empréstimo, o aposentado ou pensionista começa a pagar as parcelas.

A margem consignável, que é o teto máximo da renda a ser comprometida com o empréstimo, não pode ultrapassar 30% do valor da aposentadoria ou pensão. Além disso, a quantidade máxima de parcelas é de 60 meses. Mais informações pelo site da Caixa, nas agências ou pelo telefone 0800-7260101.

Foto:Divulgação

Foto:Divulgação